SABRINA LIMA

Sabrina Lima é uma luso-carioca que trabalha há dez anos com documentário e não-ficção, transitando entre o vídeo e a fotografia. Seus projetos estão relacionados principalmente a temáticas de migração e refúgio, identidades e memórias e feminismo.

 

É licenciada em psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Estudou cinema, fotografia e documentário interativo em Barcelona e etnografia urbana na Universidade do Porto. Fez o curso de roteiro e criação de séries de não-ficção da roteirista Ana Abreu. 

No Brasil, desenvolveu o projeto Cine Social (oficinas de documentário em escolas públicas) e uma oficina de fotografia com refugiados, em parceria com a Cáritas e com o ACNUR. Com esses projetos, foi duas vezes contemplada no Edital de Intercâmbio do Ministério da Cultura. Como bolsista, fez uma pesquisa sobre cinema e educação em Barcelona, além dos cursos mencionados. 

Em Portugal, seu projeto Identidades do Porto foi premiado no programa de arte urbana da Câmara Municipal. Com o mesmo projeto, fez parte do coletivo Living City, apoiado pelo Criatório/CM. Colaborou com o jornal Expresso. 

Desde 2011 colabora como montadora, pesquisadora, roteirista e assistente de direção em diversos programas de TV e documentários: doc Parir é Natural (direção: Silvio Tendler, coprodução Fiocruz), série documental Brasil Místico (direção: Silvio Tendler, +Globosat), programa Espelho (Lázaro Ramos, Canal Brasil), Almanaque Musical com Marisa Orth (Canal Brasil), entre outros.

  • Instagram